A volta dos que não foram!!!

Então… voltamos!

Na verdade nunca fomos de fato, apenas travamos. A fluidez, praticidade e retorno do instagram nos fez repensar isso aqui, que muitas vezes parece que estamos falando para as paredes (alôw engajamento, cade você?! hihi).
Não vou te enganar, nem te mentir, o instagram é o grande culpado do meu sumiço do blog (tô exagerando, existem outros motivos também hihi). 

Lá no instagram as coisas são muito mais rápidas e simples do que aqui. Não preciso editar e nem fazer muitas fotos para uma mesma postagem, as vezes (na sua maioria) basta uma unica foto e pronto, já foi, mensagem transmitida com sucesso.

A legenda/texto/linguagem?! É uma coisa linda. não tem a necessidade de ser tão longa, basta resumir a opinião ou informação sobre o tema do post e “voalá!”. E o feedback então? Que delicia, mesmo quando as pessoas não comentam, aqueles coraçõeszinhos não me deixa pensar estou falando para o além e isso vira um vício, querendo cada vez mais e mais esses talz coraçõezinhos rsrs.

Definitivamente o instagram é realmente algo que te aproxima das pessoas que nunca nem vites. É um lugar tão sedutor, que tu nem imaginas. Todo dia queres estar lá e cada vez passar mais tempo. Mas também quando o instagram resolve mexer na métrica dele, é um Deus nos acuda, o engajamento cai e muito. Amém stories! Ferramenta nova que está ajudando um pouco nesse momento de caos ahoHIAOoaho. 

Mas apesar de toda esse encantamento, rapidez e facilidade do instagram, eu sinto muita falta disso aqui, juro! Adoro produzir conteúdo pra cá, que apesar de não ter uma frequência constante, é terapêutico. 

Dai há um tempinho comecei a ler o livro “SEJA FODA” de Caio Carneiro (foto acima) e logo nas primeiras paginas levei uma tapa sem mão na cara quando me deparei com a frase: “Quando você tem a coragem de dizer ‘AGORA CHEGA!’, você dá o primeiro passo para tornar-se FODA“. Esse tapa serviu para que eu tomasse vergonha na cara e começasse a agir diferente e com mais responsabilidade pelo meu futuro (e eu vejo muito esse blog no meu futuro). Ser foda dentro do contexto do livro é : ser feliz (Anddy ok ✔), otimista (Anddy ok ✔), determinado (Anddy NÃO ok x) e abundante (Anddy NÃO ok x), ou seja, ser foda é fazer com que os teus sonhos se tornem viáveis para que tu possas correr atrás deles sabendo exatamente como realiza-los. Fica aqui a dica pra quem está em uma situação de inercia, procrastinação, perdida – e por ai vai -, como eu, sugiro que leia esse livro (eu ouvi um amém?! Amém!), ele vai te ajudar muito a dar a partida.

Então é isso meus mores, escrevi essa bíblia apenas para dizer que eu voltei! hihi

Gostaria muito de saber se algum aqui também está passando por essa fase de desanimo, “do depois eu faço e nunca faz”? Se sim, me contem aqui o que vocês estão fazendo para conseguir ir em frente.

Um abraço e muah Anddy Freitas!

=***

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.