Trip: Bem vindos a cotijuba!

Hellow peoples! 
Pra combinar com o final de semana que vem chegando, hoje temos o post sobre a viagem que fiz com o boy e uns amigos pra Ilha de Cotijuba no fds do feriado de finados (31/10 à 02/11).
Primeiro, entendam onde fica a “Ilha de Cotijuba”:

 

Imagem: Google Maps / A rota que a gente fez
Gente, me digam! Como pode uma pessoa morar bem perto de um lugar tão lindo, com uma vibe tão boa e não conhecer? Que absurdo! :O Pois é, essa sou eu!
Já havia recebido zilhões de convites pra ir à Cotijuba, mas sério, ouvi em algum lugar que era super perigoso e talz e isso ficou tão forte na minha cabeça que não tinha quem fizesse eu ir jeito nenhum, apesar da vontade lôka que tinha de conhecer. Mas o boy recebeu um convite de um casal de amigos (Eric e Aline) para comemorar a 2° parte do niver da Mônica (amiga do casal) e acabamos endossando.
Fui pra lá sem saber nada sobre o local, então, depois que cheguei em casa fiz uma breve pesquisa pra saber um pouco mais sobre o lugar e descobri uma história muito lôka.

Senta que lá vem história: Logo que Cotijuba foi integrada à Belém, a relação entre os dois lugares era apenas comercial, depois foi construído o Educandário Nogueira de Farias para abrigar menores infratores vindos de Belém e mais tarde passou a abrigar também presos políticos da ditadura. Pouco tempo depois se transformou somente em presídio e Cotijuba ficou conhecida como ilha-presídio. O Educandário foi desativado em 1977, depois que construíram o uma Penitenciária em Americano (existente até hoje no Pará).
Mas com o tempo, a ilha começou a chamar atenção dos veranistas virando ponto turístico e por fim, AGORA Cotijuba é uma APA (área de Proteção Ambiental) e adorei saber disso. Mais da história aqui.

P.S.:“Dizem as más línguas, que Magalhães Barata (ex governador do Pará), mandava jogar os presos na Baía antes de chegar à ilha (:O) e quem sobrevivesse estaria livre. Bom, eu não sei da verassidade dessa história, mas é o que o povo conta hihi.” 

Imagem: Tirada daqui / Mapinha da Ilha de Cotijuba
Existem dois pontos de partida de Belém para a ilha. Um é de Icoarací que leva 40 min de viagem e o outro é do Ver-o-Peso (ponto turístico super famoso na minha cidade) que leva 1:40 min. Fomos pelo ver-o-peso e pagamos R$ 8,00 na passagem (super baratex). Saímos de Belém no sábado depois do almoço.
Logo que se chega ao porto de Cotijuba, a gente dá de cara com as ruínas do Educandário que mencionei mais acima e eu super tratei de tirar foto né?! Afinal, a arquitetura corre pelas veias hihi
A condução dentro da ilha é feita através de tratorzinho/bondinho, charrete, moto ou bicicleta (tem mais imagens no vlog que fiz da viagem). Como eramos muitos, pegamos o tratorzinho, pagamos R$ 4,00 e fomos até o final da praia vai-quem-quer, depois de descermos do tratorzinho andamos mais um pouquinho e chegamos à casa que ficamos hospedados. Os donos da casa eram parentes da aniversariante (Mônica).

Tratorzinho/bondinho
O nosso point na praia foi a Pousada Nosso Paraíso (os donos da pousada, são parentes dos donos da casa em que estávamos hospedados). A pousada possui os fundos voltado direto para a praia e isso foi uma das coisas que mais gostei. Mas incrível mesmo foi saber a pousada possui wifiiiii, uhuuu o/ (Ôh dilíiiiiça! *.*).

 

No mesmo dia que chegamos, demos um pulo super rápidex na praia à noite. No domingo passamos o dia curtindo a praia vai-quem-quer e na segunda (feriado), é que fomos explorar um pouquinho Cotijuba – esse foi o dia mais legal do fds -.
Como a maré estava baixa, saímos do final da praia Vai-Quem-Quer e fomos andando pela praia. Passamos pelas praias do Flexeiro e Funda. Essas últimas duas  são “quase desertas”. Andamos muito pra achar à um barzinho que pudéssemos comprar algo pra beber. Apesar da longa caminhada, valeu muito a pena ver a paisagem maravilhosa do lugar *.*.

 

Levamos 40 min mais ou menos para ir e 40 min para voltar. Após essa caminhada intensa, não tinha como não dar um suuuper mergulho na volta hein (geralmente vou à praia e não tomo banho haha). Que delicia! *.*. Bom e depois dessa manhã explorando a ilha, almoçamos e voltamos para Belém super cansados, porém com as energias recarregadas.
Imagem: Pietry Couto (o boy) – por do sol na volta pra casa -.
Deus é muito maravilhoso! Sempre nos proporciona experiências tão boas e a gente nem se dá conta disso. Sacasó esse por do sol que presenciamos na volta. Me diz se Deus não é maravilhoso, gente?
Amei o passeio, amei conhecer pessoas novas, amei Cotijuba. Obrigada pela hospitalidade e carinho com que nos receberam, Mônica. Tua família é super adorável. Obrigada boy pelas fotos que tirastes!
Bom, espero que tenham se inspirado com o lugar e que tenham se enchido de vontade de conhecer. Eu garanto, vale muuuuito a pena.  Ps.: Já estou lôka pra voltar lá! (Ouviu, boy?! hihi)

BjoCas
Anddy Freitas
=*

P.S.: Obrigada à galera que mandou as fotos pelo whats: Mônica, Elí, Eric e Pietry. 

Continue Reading

Boulevarte: 2º edição!

Hellow galera!!!
Olha que coisa boaaaaaaa, dia 04 de outubro (próx domingo) acontecerá a 2º edição do Boulevarte. A 1º rolou no dia 07/06, e segundo a coordenação do evento mais 20 mil pessoas circularam no evento (uau!). Infelizmente não pude participar dessa edição, porque estava retornando de Carolina-Ma pra Belém e com a correria de pré-viagem acabei não tendo tempo de fazer um post sobre o evento. Fiquei super arrasada por não poder ter ido, principalmente depois de ver o vídeo “resuminho” do que rolou por lá.
Pra quem não tem a mínima ideia do que estou falando, o Boulevarte é um evento recém criado que tem como objetivo proporcionar a população belenense o uso de espaços públicos da cidade que grande parte do tempo são esquecidas. “O conceito Cidade Pras Pessoas é justamente fazer com que todos vivamos a cidade, ocupando-a com arte e cultura” (Site Boulevarte).
O Boulevarte ocupará a Praça dos Estivadores com muita moda, musica, teatro, dança, gastronomia, esportes radicais e oficinas. E esse ano trará uma moeda exclusiva como uma das novidades (mais AQUI). Outra coisa que achei super legal é que o evento estimula a economia criativa na nossa cidade. 

Localização



Programação

Palco Conchinha                                                                                                                  
 
8h Rebenare
10:45h Pina Colada (Natália Matos, Camila Honda, Nanna Reis e Juliana Sinimbú)
12:25h Molho Negro
14:45h Carimbó Pirata
16:35h Strombo
18:15h Kim Marques e as Estrelas do Brega
 
Tenda das Artes                                                                                                                  


8:55h Banda Soluço (infantil)
9:50h Notáveis Clowns (teatro) 
11:35 Arrastão do Pavulagem
13:55h In Bust (teatro com bonecos)
15:45h Gláfira
17:25h A república Imperial
E pra vocês sentirem o gostinho de como será o a 2º edição do Boulevarte, assistam o vídeo abaixo com  que rolou na 1º edição.
Continue Reading

Drops do carnaval!

Algumas semanas antes do carnaval o Diário Online (Jornal eletrônico na minha cidade, Belém-PA) entrou em contato comigo pedindo um help pra um reportagem, que seria sobre: como improvisar uma fantasia de carnaval com o que a gente tinha em casa. E claro que pra gente do CHEAP CHIC isso era fichinha.
Aproveitei que no carnaval de 2013 (o último carnaval que pulei – 2014 foi em casa-) passei por uma situação do gênero. Me vi sem fantasia, sem tempo e quase sem $$ pra comprar uma. Então resolvi improvisar e o resultado foi essa enfermeira que vocês vê abaixo.
Fonte: Site DOL

Apesar do improviso, adorei o resultado *.*. A reportagem completa vocês podem ver AQUI, corram lá pra ver, por que tem mais duas blogueiras paraenses dando dicas também.

Esse ano eu e o namorado fomos novamente pra Capanema-PA, curtir o mesmo bloquinho do ano de 2013. Mas dessa vez confesso que fiquei com preguicinha de sair atrás de uma fantasia, então novamente resolvi aproveitar o que tinha em casa e montei uma palhacinha (mas sem nariz vermelho hihi). Dá uma olhadinha abaixo:

Blusa: RiachieloSaia: Maria Filó para a CeA | Bolsa Redonda: Marisa 
Tênis Abacaxi : Riachuelo  | Brinco: Presente 

Comecei a compor a fantasia pela saia, na verdade foi por causa dela que decidi me fantasiar de palhacinha (Pra quem não sabe, essa mesma saia já apareceu num look da vez aqui no blog, e foi comprada numa SUPER promo, ela custava R$ 79,90 e me saiu por R$ 19,90 *.*). Daipra usar nos pés, pensei logo na minha penúltima aquisição do gênero, um tênis de abacaxi lieendo e fofo que comprei lá na Riachuelo e que virou o meu xodó, eu queria muito usa-lo, por que além de divertido ele é super confortável ;). A blusa era de menos, pequei uma qualquer que usava pra ir a academia e “cabou”.
Depois pensei nos acessórios. O chapeuzinho azul eu já tinha, e sabia que ele deixaria minha prodú mega fofa, então só me faltava comprar um suspensório, uma gravatinha colorida e o nariz de palhaço, só isso hihiO suspensório me R$ 9,90 no comércio, mas no dia que o comprei, passei super rápido por lá, e infelizmente não deu tempo de comprar nem a gravatinha, nem o nariz vermelho =(. Mas mesmo sem esses itens eu gostei do resultado. E pra quem perguntou, a fantasia de Faraó do namorado é da Peletti Fantasias, mais informações AQUI.

“Ah, esse laço vermelho ai na cintura foi ideia do namorado. Como a minha fantasia tava muito monocromática (azul e amarelo), ele deu a ideia de colocar mais cor nela. Dai a gente pegou um retalho de TNT que tava lá pela casa da D. Wal e amarramos na cintura, o que alegrou mais a fantasia. Thanks namorado!!! =* ” 

Imagens: Site Click Pará

E me contem, como foi o carnaval de vocês? Se fantasiaram de quê? Me conteeeeem!!!!

Bjocas,

Anddy Freitas

=***

Continue Reading